Páginas


(clique abaixo para ouvir a música)

LITURGIA DIÁRIA

LITURGIA DIÁRIA - REFLEXÕES E COMENTÁRIOS

Diário de Sábado 28/03/2015

Sábado, 28 de março de 2015


“A vida só pode ser compreendida olhando para trás, mas só pode ser vivida olhando-se para frente.” (Soren Kierkegaard)



EVANGELHO DE HOJE
Jo 11,45-56

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo João.
— Glória a vós, Senhor!


Naquele tempo, 45muitos dos judeus que tinham ido à casa de Maria e viram o que Jesus fizera, creram nele. 46Alguns, porém, foram ter com os fariseus e contaram o que Jesus tinha feito. 47Então os sumos sacerdotes e os fariseus reuniram o Conselho e disseram: “Que faremos? Este homem realiza muitos sinais. 48Se deixamos que ele continue assim, todos vão acreditar nele, e virão os romanos e destruirão o nosso Lugar Santo e a nossa nação”.
49Um deles, chamado Caifás, sumo sacerdote em função naquele ano, disse: “Vós não enten­deis nada. 50Não percebeis que é melhor um só morrer pelo povo do que perecer a nação inteira?” 51Caifás não falou isso por si mesmo. Sendo sumo sacerdote em função naquele ano, profetizou que Jesus iria morrer pela nação. 52E não só pela nação, mas também para reunir os filhos de Deus dispersos. 53A partir desse dia, as autoridades judaicas tomaram a decisão de matar Jesus.
54Por isso, Jesus não andava mais em público no meio dos judeus. Retirou-se para uma região perto do deserto, para a cidade chamada Efraim. Ali permaneceu com os seus discípulos. 55A Páscoa dos judeus estava próxima. Muita gente do campo tinha subido a Jerusalém para se purificar antes da Páscoa. 56Procuravam Jesus e, ao reunirem-se no Templo, comentavam entre si: “Que vos parece? Será que ele não vem para a festa?”


Palavra da Salvação
Glória a vós Senhor.







MEDITAÇÃO DO EVANGELHO
Elian

A ressurreição de Lázaro é o sétimo sinal que Jesus realiza. Muitos dos judeus acreditaram Nele e outros contaram aos fariseus o que Jesus havia realizado. E mais uma vez os que seguiam Jesus tiveram que optar, acreditar ou não acredita Nele, acolher ou rejeitar sua ação que devolve a vida e vence a morte. A ressurreição de Lázaro foi a "gota d'água", para que a morte de Jesus fosse decretada. Teriam que fazer alguma coisa, os sumos sacerdotes e os fariseus reuniram o conselho e decidem pela morte de Jesus, o argumento que usaram não era verdadeiro, a blasfêmia, por Jesus dizer ser Ele o Filho de Deus. Mas a verdade é que Jesus fora condenado a morte, porque incomodava os chefes da lei, a elite, os fariseus, ou seja, os poderosos da época. Jesus fazia o bem a todos, e não podiam mais permitir que ele continuasse com sua ação libertadora, de bondade e de vida.
Na realidade o medo de que todos acreditassem Nele, foi maior e mais forte, se não parassem Jesus, os fariseus perderiam o controle sobre o povo, que era por eles oprimido. Tiveram medo de perde o poder, os privilégios, as riquezas que eram guardadas no Templo "...virão os romanos e destruirão nosso lugar santo e a nossa nação" (João 11,48). E Caifás mostra a solução: "Não percebeis que é melhor um só morrer pelo povo do que perecer a nação inteira?"(João 11, 50). Foi criada uma situação, em que o povo e a nação corriam risco, e Jesus morreria pela nação. Desde então Jesus deixou de andar nos meio dos judeus.
Quantas vezes também por ciúmes ou inveja, julgamos ou tentamos denegrir a imagem de alguém que nos incomoda? Não podemos culpar ou condenar alguém por sua competência e capacidade. Devemos admitir que essa está mais preparada do que nós, que ele se empenha e é mais dedicada. Não é mais interessante se nos juntarmos a ela e somar forças? Enquanto isso, vamos correr atrás, tentar melhorar, crescer, buscar de mais conhecimento, sem ter que conviver com medo diário de perder o nosso lugar ou o nosso espaço. Essa é uma das lições que o evangelho nos dá hoje: "Não julguem e não serão julgados! Não condenem e não serão condenados!" Não podemos permitir que esses sentimentos ruins dominem nossos pensamentos, nosso coração, e não condenar alguém por fazer bem coisas que se quer tentamos fazer. É tempo de buscarmos e orarmos pela nossa transformação, conversão, para sermos felizes e procurar fazer sempre o bem.

Oração

"Pai, ajuda-me a compreender, sempre mais profundamente, o caminho para encontrar-me contigo, que Jesus nos ensinou. Livra-me, também, do apego aos esquemas já superados. Que eu seja profundamente grato a Jesus, cuja morte de cruz trouxe-me a salvação".

Um abraço a todos.








CASA, LAR E FAMÍLIA


Dicas que vão facilitar sua vida


Lasanha macia
Arrume a lasanha crua, de véspera, numa vasilha refratária, cubra com leite e leve à geladeira. Coloque a lasanha no forno quarenta minutos antes de servir. 


Fazendo um Café delicioso
Uns gostam de um cafezinho mais forte.
Outros já preferem um mais fraco. 
Utilize como base, 2 colheres de sopa cheias, para 1/2 litro de água. Se você colocar 3 colheres fica mais forte.
Coloque a água para ferver. 
Enquanto isso, coloque as 2 colheres num coador.
Depois que ferver, despeje lentamente a água no coador.
É só servir.
Outra maneira é misturar o açúcar junto com o pó de café no coador e ao despejar a água, mexer, só um pouquinho e lentamente.
Fica também, muito gostoso.


3- Dica sobre o Alho
Um dente de alho muitíssimo bem socado, adicionado à massa podre para empadas, tortas e pastelões, fará com que fiquem mais saborosos. 

Prepare seus pratos mais rápidos. Descasque 250 g de alho, ponha no liquidificador, cubra com óleo, passando o nível do alho dois dedos. 
Bata por cinco minutos, passe para um vidro com tampa e guarde na geladeira. 
Use colher de plástico ou de pau na hora de utilizar.
Para descascar alhos rapidamente, coloque-os no microondas em potência alta, de 15 a 30 segundos. A casca solta-se completamente! 
Para tirar o cheiro desagradável de alho das mãos, basta esfregá-las com talinhos de salsinha.


4- Nunca congele!
Verduras de folha, como por exemplo, alface, agrião e espinafres.
Pepino, rabanete e tomate cru não devem ser congelados, assim como qualquer legume que se pretende consumir em saladas.
Batata crua, gemas cruas ou claras cozidas.
Aves recheadas.
Maionese, pudins ou cremes que tenham levado na sua preparação leite e ovos.


5- Limpando seu microndas
Coloque lá dentro uma metade de um limão, ponha para funcionar numa potência média durante 1 minuto.
Abra e limpe com um pano seco.


6- Amaciando o polvo com coca-cola
Para que o polvo fique macio junte à água de cozimento uma cebola e um copo de coca-cola.
Em pouco tempo (dependendo do tamanho do polvo) o polvo estará muito macio e com os tentáculos todos intactos, e a coca-cola desaparecerá.










MOMENTO DE REFLEXÃO

Transforme a sua vida: seja um meio, não um fim,
Sejam os teus sonhos, metas e não o fim de tudo,
Queira conquistar bens sim, mas não depender deles para ser feliz,
Queira um amor também, você bem merece,
Mas para vivê-lo intensamente enquanto durar, não para se escravizar.
Seu ponto de partida é o dia de hoje,
E se isso é tudo o que você tem, você já tem muito mais que muita gente,
Se ainda tiver saúde, já acrescenta mais pontos,
Se tiver talento então, sua história pode mudar,
Se tiver determinação, já venceu,
Mesmo diante das maiores dificuldades, é só uma questão de tempo.
Seja um meio e tenha liberdade,
Seja uma ponte, que é menor que a estrada,
Mas muita estrada fica paralisada pela falta de uma ponte,
E sendo ponte você liga dois pontos: A sua felicidade e a de muitos que nem conhecerá.
Por isso, neste dia que se inicia, não se preocupe com o fim,
Preocupe-se sim, com este momento,
Com aquilo que você pode fazer para melhorar a sua vida,
E fazendo o bem a si mesmo, espalhe o bem por onde passar,
Porque somos beija flores de Deus, espalhando pólen Divino,
Por onde passamos deixamos um pouco de nós. Eu te desejo neste dia,
Que Deus te concede por Graça Divina,
Que suas marcas sejam inesquecíveis...

Eu acredito em você.

Diário de Sexta-feira 27/03/2015

Sexta-feira, 27 de março de 2015


"A gente só leva da vida a vida que a gente leva"" [Tom Jobim]


EVANGELHO DE HOJE
Jo 10,31-42

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo João.
— Glória a vós, Senhor!


Naquele tempo, 31os judeus pegaram pedras para apedrejar Jesus. 32E ele lhes disse: “Por ordem do Pai, mostrei-vos muitas obras boas. Por qual delas me quereis apedrejar?”
33Os judeus responderam: “Não queremos te apedrejar por causa das obras boas, mas por causa de blasfêmia, porque sendo apenas um homem, tu te fazes Deus!” 34Jesus disse: “Acaso não está escrito na vossa Lei: ‘Eu disse: vós sois deuses’?
35Ora, ninguém pode anular a Escritura: se a Lei chama deuses as pessoas às quais se dirigiu a palavra de Deus, 36por que então me acusais de blasfêmia, quando eu digo que sou Filho de Deus, eu a quem o Pai consagrou e enviou ao mundo? 37Se não faço as obras do meu Pai, não acre­diteis em mim. 38Mas, se eu as faço, mesmo que não queirais acreditar em mim, acreditai nas minhas obras, para que saibais e reconheçais que o Pai está em mim e eu no Pai”.
39Outra vez procuravam prender Jesus, mas ele escapou das mãos deles. 40Jesus passou para o outro lado do Jordão, e foi para o lugar onde, antes, João tinha batizado. E permaneceu ali. 41Muitos foram ter com ele, e diziam: “João não realizou nenhum sinal, mas tudo o que ele disse a respeito deste homem, é verdade”. 42E muitos, ali, acreditaram nele.


Palavra da Salvação
Glória a vós Senhor.






MEDITAÇÃO DO EVANGELHO
Alexandre Soledade

Bom dia!
Creio que ao final de tudo o que fazemos ou despendíamos em prol da construção do reino de Deus deve se resumir em fazer que outros creiam e também conheçam a verdade que liberta.
Se isso for a síntese do que é ser um discípulo missionário devemos, portanto, ter em mente que se fizermos o que for possível, sem medir esforços para que aconteça, o Espírito Santo que habita em nós e que da testemunho que tudo isso é verdade, se manifestará e fará assim resplandecer Deus de nós para o irmão. Em outras palavras: Somente refletindo Jesus conseguiremos convencer da verdade. “(…) Ele voltou de novo para o lado leste do rio Jordão, foi para o lugar onde João Batista tinha batizado antes e ficou lá. E muita gente ia vê-lo, dizendo: – ‘João não fez nenhum milagre, mas tudo o que ele disse sobre Jesus é verdade’“.
Quando aceitamos o chamado trino (profeta, rei e sacerdote) em prol do irmão estamos cientes que estaremos pondo nossa “cara à tapa” para os julgamentos, acusações e também aos elogios das pessoas. É também um fato que passaremos a ser também tentados no limite das forças para que também o reneguemos três vezes ou mais. Teremos que enfrentar a nossa própria falta de fé, nossos questionamentos e pouca confiança ao não perceber ou receber de volta os testemunhos confirmando tudo o que aconteceu. Mas nada disso deve nos esmorecer. Não é motivo para se perder a fé.
“(…) As tentações que vocês têm de enfrentar são as mesmas que os outros enfrentam; mas Deus cumpre a sua promessa e não deixará que vocês sofram tentações que vocês não têm forças para suportar. Quando uma tentação vier, Deus dará forças a vocês para suportá-las”. (I Coríntios 10,13)
Toda essa fala inicial vem de encontro com a mensagem implícita no evangelho de hoje. Jesus sendo Deus e mesmo declarando abertamente essa divindade é ameaçado de apedrejamento. Se com Jesus isso foi possível, por que não acontecia o mesmo conosco? (Repare isso bem na primeira leitura ok?).
Vivemos hoje um tempo em que a falta de fé em alguns segmentos talvez seja ainda maior que no tempo de Jesus. Vemos jovens cada vez mais distantes de Deus e de suas famílias; cada vez mais pais temem exercer a paternidade ou a maternidade responsável e em virtude disso e de outros fatores quantos se voltam contra a igreja, contra a fé, contra Deus.
Deus, em sua infinita sabedoria, nos convida a fazer “propaganda” do seu amor para que outros também ganhem a vida, mas essa missão como já falamos, só tem efeito se a pedagogia do amor de Jesus conseguir MUDAR A NÓS MESMOS. Não dá pra convencer ninguém se a própria pessoa não conseguir acreditar.
A proposta da CNBB é ter um coração aberto
“(…) Quando a gente não está com o coração aberto, não está disposto a acolher a palavra de Jesus, não querendo de fato assumir um compromisso de fé com Deus e com os irmãos, não buscando novos valores e não querendo uma constante mudança de vida para cada vez mais procurar uma união mais íntima e profunda com Deus, qualquer coisa torna-se motivo para a crítica e para a rejeição de Jesus. Assim aconteceu com os judeus, que não quiseram abandonar antigos valores para viver valores novos e mais plenos, sempre procuraram motivos para dizer que eles estavam certos e Jesus estava errado”.
Equivocamos-nos quando nos apegamos aos milagres e curas como “cabos eleitorais” de Deus, pois como o próprio texto nara, João Batista não operou milagres, mas tudo que falou de Jesus convenceu que era verdade. Lembre-se que leprosos foram curados e quantos voltaram?
Novamente enfatizo: Já que nossa missão é buscar quem se perdeu, ALGO PRIMEIRAMENTE DEVE MUDAR EM MIM. Preciso deixar essa posição cômoda que minha fé se encontra e abraçar o bem por opção. |Essa ação vale apena.
“(…) Meus irmãos, se algum de vocês se desviar da verdade, e outro o fizer voltar para o bom caminho. lembrem disto: quem fizer um pecador voltar do seu mau caminho salvará da morte esse pecador e fará com que muitos pecados sejam perdoados”. (Tiago 5, 19-20)
Edifique, construa, cuide, agregue, projete, coordene, levante, (…). Gestos concretos atraem mais que apenas palavras.
Um imenso abraço fraterno.







CULINÁRIA


Gelado de Abacaxi

Ingredientes

- 1 lata de abacaxi em calda escorrido

- 1 envelope de gelatina em pó sem sabor

- 5 colheres de água fria

- 1 lata de leite condensado

- 2 latas de suco de abacaxi concentrado

- 2 colheres de sopa de hortelã picada

- 1 caixa de gelatina em pó sem sabor

Modo de Fazer

Coloque a água fria na gelatina e leve a banho-maria até que dissolva, depois reserve. No liquidificador bata o leite condensado, o suco de abacaxi, a hortelã e a gelatina dissolvida até que se obtenha um creme homogêneo. Pegue este creme de hortelã e coloque até a metade de taças individuais e depois coloque na geladeira até que fique firme.

Prepare a gelatina de abacaxi como instrui a embalagem e depois despeje em uma vasilha e deixe esfriar por pelo menos 1 hora ou até que comece a endurecer. Enquanto isso corte alguns pedaços do abacaxi e coloque sobre o creme de hortelã, depois você irá cobrir com a gelatina de abacaxi e deixe na geladeira por mais 4 horas.


Lanche Light

Ingredientes
. 1 pão de forma sem casca
. 1 vidro de maionese

Patê de beterraba:
. 1 beterraba grande ralada
. 1 caixa de creme de leite
. 2 colheres (s) de requeijão
. sal a gosto

Patê de cenoura:
. 1 cenoura grande ralada
. 1 caixa de creme de leite
. 2 colheres (s) de requeijão
. sal a gosto

Patê de espinafre:
. 1 maço de espinafre cozido e picadinho
. 1 cebola pequena ralada
. 2 colheres (s) de requeijão
. sal a gosto
. 1 colher (sob) de azeite

Patê de frango:
. 1 peito de frango cozido e desfiado(ja com temperos)
. 3 colheres (s) de requeijão
. 1 cebola picada
. 2 colhere (s) de maionese

Todos os patês, paro o preparo é só misturar cada um com o seus ingredientes.


Montagem:
coloque fatias de pão de comprido, passe maionese em cada uma, coloque o recheio de beterraba, uma camada de pão, o recheio de cenoura, pão, o recheio de espinafre, pão, recheio de frango e pão, cubra com guardanapo úmido e leve a geladeira por 1 hora. Retire e cubra toda a torta com maionese e decore a gosto.







MOMENTO DE REFLEXÃO

Sabe aquele momento que a gente pensa que chegou no limite das próprias forças e que não vai mais conseguir avançar?
Quando não contemos as lágrimas (e nem devemos!) e tudo parece um grande vazio...
Esse momento que, não importa a nossa idade, pensamos que já é o fim... e um desânimo enorme toma conta da gente...
Esse momento, ao contrário do que parece, é justamente o ponto de partida!!!
Se chegamos a um estado em que não avançamos mais, é que devemos provavelmente tomar uma outra direção.
Quando chegamos a esse ponto de tal insatisfação é sinal de que alguma coisa deve ser feita.
Não espere que os outros construam pra você, planeje e faça!
Você é responsável pelos próprios sonhos e pela realização destes.
Nas obras da vida não precisamos de arquitetos para planejar por nós.
Com um pouco de imaginação e um muito de boa vontade podemos reconstruir sozinhos a casa que vamos morar e o futuro que nos oferecemos.
É humano se sentir fragilizado às vezes e mesmo necessário para que tenhamos consciência que não somos infalíveis, não somos super-heróis, mas seria desumano parar por aí.
E injusto.
Para os outros, mas principalmente para consigo mesmo.
Recomeçar é a palavra!
Recomeçar cada vez, a cada queda, a cada fim de uma estrada!
Insistir!
...Se alguém te feriu, cure-se! Se te derrubaram, levante-se!
Se te odeiam, ame!
Erga-se!
Erga a cabeça!
Olhando pra baixo só podemos ver os próprios pés.
É preciso olhar pra frente.
Plante uma árvore, faça um gesto gentil, tenha uma atitude positiva.
É sempre possível fazer alguma coisa!
Não culpe os outros pelas próprias desilusões, pelos próprios fracassos.
Se somos nossos próprios donos para as nossas vitórias, por que não seríamos para as nossas derrotas?
Onde errou, não erre mais!
Onde caiu, não caia mais!
Se você já passou por determinado caminho, deve ter aprendido a evitar certas armadilhas.
Então, siga!
Não se esqueça de uma grande promessa feita na Bíblia: "Esforça-te e eu te ajudarei."
Dê o primeiro passo... depois caminhe!!!
Tenho certeza que a felicidade não mora ao seu lado, nem à sua frente, ela está junto de você!
Descubra-se, faça-se feliz e tenha um lindo dia!


Letícia Thompson

Diário de Quinta-feira 26/03/2015


Quinta-feira, 26 de março de 2015


“A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente.” ( Regina Brett)



EVANGELHO DE HOJE
Jo 8,51-59

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo João.
— Glória a vós, Senhor!


Naquele tempo, disse Jesus aos judeus: 51“Em verdade, em verdade vos digo: se alguém guardar a minha palavra, jamais verá a morte”. 52Disseram então os judeus: “Agora sabemos que tens um demônio. Abraão morreu e os profetas também, e tu dizes: ‘Se alguém guardar a minha palavra jamais verá a morte’. 53Acaso és maior do que nosso pai Abraão, que morreu, como também os profetas? Quem pretendes ser?”
54Jesus respondeu: “Se me glorifico a mim mesmo, minha glória não vale nada. Quem me glorifica é o meu Pai, aquele que vós dizeis ser o vosso Deus. 55No entanto, não o conheceis. Mas eu o conheço e, se dissesse que não o conheço, seria um mentiroso, como vós! Mas eu o conheço e guardo a sua palavra. 56Vosso pai Abraão exultou, por ver o meu dia; ele o viu, e alegrou-se”. 57Os judeus disseram-lhe então: “Nem sequer cinqüenta anos tens, e viste Abraão!” 58Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade vos digo, antes que Abraão existisse, eu sou”. 59Então eles pegaram em pedras para apedrejar Jesus, mas ele escondeu-se e saiu do Templo.


Palavra da Salvação
Glória a vós Senhor.






MEDITAÇÃO DO EVANGELHO
Alexandre Soledade

Bom dia!
Esse texto foi escrito ano passado, mas está bem atual… J
Se existia alguma coisa ou frase que irritava aos doutores da lei era dizer “EU SOU”. Parece uma frase simples, mas era uma declaração, na visão deles, herética, ou seja, uma mentira mortal.
Era mortal, pois esta era a frase que Deus sempre usava ao aparecer aos patriarcas (Gênesis 46,3 e Êxodo 3, 6). Dizer, portanto, “EU SOU” era dizer que era Deus. Oh rapaz peitudo esse Jesus de Nazaré! (risos)
Vou divagar um pouco. Preste atenção!
Adoro ver aqueles debates em que as pessoas ficam batendo numa tecla só para tentar “mostrar serviço” ou conhecimento. Aqueles debates que começam assim: “Segundo a corrente filosófica tal não podemos contextualizar essa forma assim, mas conforme a visão da linguagem neurolinguistica, a percepção de mundo pode ser alterada(…) risos! Entendeu? Nem eu!
Note a situação: Alguém pergunta nossa religião ai respondemos – “EU SOU CATÓLICO”! Lembre que dizer “eu sou” é dizer ESTAR COM DEUS, é atestar que Ele anda comigo, que eu o sigo; que comungo dessa opção que fiz e como Abraão, eu também tenho uma aliança de amor com Ele. Veja a primeira leitura:
“(…) Naqueles dias: Abrão prostrou-se com o rosto por terra. E Deus lhe disse: ‘Eis a minha aliança contigo: tu serás pai de uma multidão de nações. Já não te chamarás Abrão, mas o teu nome será Abraão, porque farei de ti o pai de uma multidão de nações. Farei crescer tua descendência infinitamente. Farei nascer de ti nações, e reis sairão de ti. ESTABELECEREI MINHA ALIANÇA ENTRE MIM E TI E TEUS DESCENDENTES PARA SEMPRE; UMA ALIANÇA ETERNA, PARA QUE EU SEJA TEU DEUS E O DEUS DE TEUS DESCENDENTES”. (Genesis 17, 3-7)
Temos então um choque… quem nunca ouviu: “Eu sou católico, mas não vou à missa, pois posso rezar em casa”! “Sou católico, mas não praticante”; “Eu sou católico, mas não concordo com isso e isso (…); Somos humanos! Discordar faz parte da nossa natureza humana, mas às vezes nossas discordâncias são mais confusas que o próprio texto que citei. Você consegue entender por que agimos assim?
Muitas vezes, por necessidade, pagamos (consultas, cursos, palestras) para que pessoas nos digam o que já sabemos! Não é estranho? Psicólogos, analistas, terapeutas, (…) empenham-se nos estudos pra no fim dizer o que muitas vezes sabemos e não queremos ouvir. Temos problemas, sabemos o motivo, causa e conseqüência, mas não conseguimos resolver. Pagamos pessoas para nos ensinar a dizer: EU SOU feliz; EU SOU uma pessoa que precisa mudar; EU SOU forte…
Não esqueçamos o peso da frase EU SOU
Creio que há 2000 anos, Jesus, ao ver o coração do povo vazio e sedento por uma resposta de conforto, dizia: “(…) Quem obedecer aos meus ensinamentos não morrerá nunca”; (…) Conhecerão a verdade, e a verdade os libertará (João 8, 32); “(…) Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei (Mateus 11, 28). Jesus era o único especialista, nesse tratamento, que atendia pelo SUS, no entanto, mesmo gratuito e de qualidade, o povo se recusava ouvir ou esperar.
Acredite nisso e professe: “EU SOU filho adotivo de Deus”!
Apodere-se disso nesse momento e veja o poder dessas palavras! Observe como “EU SOU” soa diferente! Quando estamos com problemas, angustiados, sem esperanças ou horizontes, poderíamos dizer mais vezes isso e também ler com mais atenção a “apólice” da aliança.
“(…) O Espírito mesmo dá testemunho ao nosso espírito de que somos filhos de Deus. E, se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo, contanto que soframos com ele, para que também com ele sejamos glorificados. Tenho para mim que os sofrimentos da presente vida não têm proporção alguma com a glória futura que nos deve ser manifestada” (Romanos 8, 16-18)
Devemos aprender a ter atitudes pró-ativas e dentre elas, definir no que acredito, em quem busco meu refúgio e a solução para minhas angústias e como já afirmei anteriormente, o duro é que a gente sabe quem é que nunca nos abandona, mas somos temerosos em afirmar isso, principalmente em público!
Creia em Deus, pois Ele nunca deixou de crer em você!
Comece hoje: EU SOU uma nova criatura quando estou perto de Deus! Descobri e reconheço que o Ele me ama!
Um imenso abraço fraterno.





MUNDO ANIMAL

Como escolher serviços de assistência para seu cão?


Mesmo para os donos mais dedicados, as situações comuns do dia a dia podem provocar dúvidas inesperadas sobre o que é melhor para o bem-estar do cãozinho. O mercado dos pets oferece serviços e planos de assistência que prometem facilitar a vida dos tutores na hora de tomar decisões que envolvam animais.
Mas é tanta oferta que os proprietários podem ficar muito confusos. Esses serviços são mesmo necessários? Como escolher? Para começar, o importante é sempre buscar referências antes de fechar qualquer negócio. “Já vi várias empresas abrirem e fecharem. A propaganda de boca a boca e a análise da empresa a ser contratada ainda são as melhores formas de assegurar a qualidade”, diz o médico Gilberto Reis, da Veterinária Pró Cão, em São Paulo.
Dúvidas podem surgir, por exemplo, na hora de programar uma viagem longa com a companhia do peludo. Para essas situações, há o “pet viagem”, uma assessoria que resolve todas as burocracias antes do embarque para as férias! Se o bichinho for de uma raça muito delicada e mais inclinada a ter problemas de saúde, os donos também podem contratar um plano de saúde canino.
Abaixo, confira alguns serviços e veja como avaliar a qualidade e a necessidade de cada um:
Convênio Médico
É fato que o cãozinho precisa ir ao veterinário com frequência para receber todas as vacinas necessárias e manter a saúde em dia. Porém, os donos também podem optar por um convênio médico fixo, com direito a exames, especialidades e hospitais espalhados por diferentes lugares.
Antes de escolher uma empresa, a veterinária Juliana Joia sugere duas perguntas básicas: o plano oferece grande número de clínicas e prontos-socorros? E os locais de atendimento, são próximos da minha casa?
Também é importante colocar na ponta do lápis o quanto se gasta com vacinas e consultas para o animal sem um plano de saúde, diz o médico Gilberto Reis. É preciso ter cuidado para que a proposta de um convênio não saia ainda mais cara do que o pet shop de costume do seu cãozinho.
Pet Viagem
Você sabe que cada país exige uma documentação específica para a entrada de bichos? Alguns destinos, como a China por exemplo, podem pedir até quarentena no aeroporto! Para dar um jeito na burocracia, existe um serviço, ainda recente, chamado “pet viagem” que resolve tudo: as vacinas, os documentos e a acomodação do seu peludo durante a jornada.
“A América Latina é mais tranquila com exigências, pedindo só vacina antirrábica e tratamento antipulgas. A Europa é mais burocrática no geral, mas depende de cada país”, diz Luis Fernando Oliveira, sócio da Doc-Dog, que faz preparação de animais para viagens internacionais. Ele conta que a empresa geralmente ajuda clientes que estão de mudança para o exterior.
No geral, veterinários aprovam essa iniciativa. No entanto, eles sugerem que os donos sempre pensem nos hábitos dos bichinhos e cuidem para que eles sejam respeitados. É uma boa comparar o estresse do cachorro ao ficar com outra pessoa (ou em um hotel canino) com o de embarcar em uma aventura prolongada ao lado dos tutores. “Uma viagem muito longa pode ser um risco, principalmente, quando o animal é colocado no compartimento de carga”, afirma a veterinária Marcela Barbosa, da pet shop Petit Ami.
Já se o passeio for mais curto, dentro do Brasil mesmo, os donos podem ficar tranquilos e dispensar o serviço profissional (desde que não se esqueçam de tomar cuidados básicos com o pet, claro). Lembrem-se: o certificado de vacinação antirrábica  e o atestado de saúde, fornecido pelo veterinário, são obrigatórios!





MOMENTO DE REFLEXÃO

A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia.
A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões.
A história humana é cheia de decisões, para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros.
As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.

Se não quiser adoecer – “Busque soluções”.

Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas.
Preferem a lamentaçaão, a murmuração, o pessimismo.
Melhor acender o fósforo que lamentar a escuridão.
Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos.
O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença.

Se não quiser adoecer – “Não viva de aparências”.

Quem esconde a realidade, finge, faz pose, quer sempre dar a impressão de que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho, etc..., está acumulando toneladas de peso... uma estátua de bronze, mas com pés de barro.
Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas.
São pessoas com muito verniz e pouca raiz.
Seu destino é a famácia, o hospital, a dor.

Se não quiser adoecer – “Aceite-se”.

A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz\ com que sejamos algozes de nós mesmos.
Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável.
Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores.
Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.
Se não quiser adoecer – “Confie”.

Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras.
Sem confiança, não há relacionamento.
A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.

Se não quiser adoecer – “Não viva sempre triste”.

O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa.
A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive.
“O bom humor nos salva das mãos do doutor”.
Alegria é saúde e terapia.   


Dr. Drauzio Varela                                                                                        

Diário de Terça-Feira 24/03/2015

Terça-feira, 24 de março de 2015


“Assimile os ensinamentos de Jesus e dê a cada dia um passo vertical em direção a vida eterna.”


EVANGELHO DE HOJE
Jo 8,21-30


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo João.
— Glória a vós, Senhor!


Naquele tempo disse Jesus aos fariseus: 21“Eu parto, e vós me procurareis, mas morrereis no vosso pecado. Para onde eu vou, vós não podeis ir”.
22Os judeus comentavam: “Por acaso, vai-se matar? Pois ele diz: ‘Para onde eu vou, vós não podeis ir’?”
23Jesus continuou: “Vós sois daqui debaixo, eu sou do alto. Vós sois deste mundo, eu não sou deste mundo. 24Disse-vos que morrereis nos vossos pecados, porque, se não acreditais que eu sou, morrereis nos vossos pecados”.
25Perguntaram-lhe pois: “Quem és tu, então?” Jesus respondeu: “O que vos digo, desde o começo. 26Tenho muitas coisas a dizer a vosso respeito, e a julgar, também. Mas aquele que me enviou é fidedigno, e o que ouvi da parte dele é o que falo para o mundo”.27Eles não compreenderam que lhes estava falando do Pai. 28Por isso, Jesus continuou: “Quando tiverdes elevado o Filho do Homem, então sa­bereis que eu sou, e que nada faço por mim mesmo, mas apenas falo aquilo que o Pai me ensinou. 29Aquele que me enviou está comigo. Ele não me deixou sozinho, porque sempre faço o que é de seu agrado”. 30Enquanto Jesus assim falava, muitos acreditaram nele.


Palavra da Salvação
Glória a vós Senhor.






MEDITAÇÃO DO EVANGELHO
Alexandre Soledade

Bom dia!
“(…) Os judeus compreendem que a morte de Jesus pode estar próxima, uma vez que Jesus fala de sua partida para onde eles não poderão ir, mas levantam a hipótese de suicídio por parte de Jesus, deixando de perceber que a causa da morte de Jesus é a própria incredulidade deles, da recusa diante da revelação sobre quem de fato é Jesus, da não aceitação do fato que Jesus é o Filho de Deus, o enviado do Pai para fazer a vontade dele e viver em plena comunhão com ele. Alguns judeus creram e a semente do Reino foi lançada, mas muitos não creram, o que resultou na morte de Jesus”. (Reflexão proposta pela CNBB)
Quantos por ai são vistos como loucos aos olhos das pessoas? Quantos conselhos são dados e deixados de ser ouvidos por vaidade, orgulho ou pré-conceitos formados? Um catequizando pode ensinar ao catequista? Um aluno tem algo a ensinar ao seu professor? Um padre tem ainda o que aprender sobre a liturgia? Sim!
O evangelho oferece uma oportunidade diária de reflexão. Ele trás para o balcão da análise, situações do nosso cotidiano (pensamentos, ações e reações) para serem revistas: Será que a atitude ou resposta que tive foi a mais cabível para aquele momento? Será que magoei mais do que ensinei? Ajudei as pessoas a crescer ou minha crítica, minha postura, meio jeito mais afastou do que juntou?
A CONVICÇÃO que temos sobre algo é um dos produtos da reflexão ou análise. Ela promove nossa auto-estima, eleva nossa motivação, revigora nossa vontade de continuar, mas não podemos esquecer que o ARREPENDIMENTO também pode nascer dessa mesma reflexão.
A mesma convicção que nos oferece um upgrade, por vezes anda lado a lado com o orgulho. Quantas pessoas que mesmo identificando que suas atitudes são erradas ou pelo menos equivocadas, escondem esse fruto chamado arrependimento? Quantos por vaidade levaram até o ultimo instante de vida o orgulho de não se desculpar? “(…) Vocês são daqui debaixo, e eu sou lá de cima. Vocês são deste mundo, mas eu não sou deste mundo. Por isso eu disse que vocês vão morrer sem o perdão dos seus pecados”.
Que mérito tem alguém que não consegue reconhecer suas próprias falhas? Será que existe alguma vantagem em carregá-las até o fim?
Ainda vemos pessoas que insistem em relutar as mudanças e as correções (às vezes somos nós mesmos). Muitas vezes em virtude da criação que receberam, mas uma boa parcela é por medo ou insegurança. Agarram-se a frases fortes do tipo “NÃO ME ARREPENDO DE NADA QUE FIZ OU FAÇO” ou tentam transformar a situação a “seu” favor. Quem nunca deparou com alguém, ou até a si próprio, que ao ser corrigido tirou do bolso uma resposta ou sugestão, mudando assim o foco da conversa e fugindo de aceitar o próprio erro?
Somos amados por Deus e ninguém esta apto a nos condenar, por que então temo em dar frutos, crescer, mudar (…)? O orgulho nos condena ao ostracismo, um buraco onde só Deus pode nos encontrar. Prefiro o isolamento do que a graça?
“(…) O terreno que recebe chuvas freqüentes e fornece ao agricultor boas searas, é abençoado por Deus. O QUE PRODUZ SÓ ESPINHOS E ABROLHOS É ABANDONADO, não demora que será amaldiçoado e acabará sendo incendiado. Embora vos falemos desse modo, caríssimos, temos a melhor idéia a vosso respeito e de vossa salvação”. (Hebreus 6, 7-9)
Não deixemos para o último dia o que pode ser feito ainda hoje! Perdoe! Releve! Peça desculpas! Desarme-se às correções que recebemos e receberemos! Quantas famílias se empenham em celebrar missas e missas pelo perdão póstumo de quem nunca quis se arrepender em vida? Não seja mais um!
Se por ventura chegou a conclusão que não consegue ou que é muito difícil, creia, você não esta sozinho! Dê o primeiro passo! “(…) Quem me enviou está comigo e não me deixou sozinho, pois faço sempre o que lhe agrada”.
Um imenso abraço fraterno.






VIDA SAUDÁVEL

A banana na sua dieta

Se deseja uma solução rápida para baixos níveis de energia, não há melhor lanche que a banana. Contendo 3 açúcares naturais: sacarose,frutose e glicose, combinados com fibra, a banana dá uma instantânea e substancial elevação da energia.

Pesquisas provam que apenas 2 bananas fornecem energia suficiente para 90 minutos de exercícios extenuantes. Não é a toa que a banana é a fruta nº 1 dos maiores atletas do mundo. Mas energia não é a única forma de ajudá-lo a ficar em forma. A banana também ajuda a curar ou prevenir um grande nº de doenças e condições físicas, que a tornam obrigatória na sua dieta diária.

Anemia: contendo muito ferro, bananas estimulam a produção de hemoglobulina
no sangue e ajudam nos casos de anemia.

Pressão arterial: contém elevadíssimo teor de potássio, mas reduzido em sódio, tornando-a perfeita para combater a pressão alta. Tanto que a FDA (agência responsável pelo controle de alimentos e remédios) dos EUA a utorizaram a indústria de banana a oficialmente informar sua habilidade de reduzir o risco de pressão alta e infarto.

Capacidade mental: 200 estudantes de uma escola em Twickenham (Middlesex) tiveram ajuda da banana (na café da manhã, lanche e almoço), para elevar sua capacidade mental. Pesquisa mostra que frutas com elevado teor de potássio
ajudam alunos a aprender e manter-se mais alerta.

Constipação: com elevado teor de fibra, incluir bananas na dieta pode ajudar a normalizar as funções intestinais, superando o problema, sem recorrer a laxantes.

Depressão: de acordo com recente pesquisa realizada pela MIND, entre pessoas que sofrem de depressão, muitas se sentiram melhor após uma dieta rica em bananas.
Isto porque a banana contém "triptofano", um tipo de aminoácido que o organismo converte em seratonina, reconhecida por relaxar, melhorar o humor e, de modo geral, aumentar a sensação de bem estar.

Ressaca: uma das formas mais rápidas de curar uma ressaca é fazer uma vitamina de banana com leite e mel. A banana acalma o estômago e, com a ajuda do mel, eleva o baixo nível de açúcar, enquanto o leite suaviza e reidrata o sistema.

Azia: elas têm efeito antiácido natural. Se você sofre de azia, experimente comer uma banana para aliviar-se.

Enjôo matinal: comer uma banana entre as refeições ajuda a manter o nível de açúcar
no sangue elevado e evita as náuseas.

Picada de mosquito: antes de usar remédios, experimente esfregar a parte interna da casca da banana na região afetada. Muitas pessoas têm resultados excelentes em reduzir o inchaço e a irritação.

Nervos: elas contém elevado teor de vitamina B, que ajuda a acalmar o sistema nervoso.

Excesso de peso e Pressão no trabalho: estudos do Instituto de Psicologia na Áustria mostram que a pressão no trabalho leva à excessiva ingestão de comidas, como chocolate e biscoitos. Examinando 5 mil pacientes em hospitais, pesquisadores concluíram que os mais obesos eram os que tinham trabalhos com maior pressão. O relatório concluiu que, para evitar a ansiedade por comida, precisa-se controlar os níveis de açúcar no sangue.
Comendo alimentos ricos em carboidratos, como bananas, a cada 2 horas, mantém-se estável o nível de açúcar.

TPM: esqueça as pílulas e coma banana. Ela contém vitamina B6, que regula os níveis de glicose no sangue, que afeta o humor.

Úlcera: usada na dieta diária contra desordens intestinais, é a única fruta crua que pode ser comida sem desgaste em casos de úlcera crônica.
Também neutraliza a acidez e reduz a irritação, protegendo as paredes do estômago.

Controle de temperatura: muitas culturas vêm a banana como fruta 'refrescante', que pode reduzir tanto a temperatura física como emocional de mulheres grávidas. Na Tailândia, por exemplo, as grávidas comem bananas para os bebês nascerem em temperatura baixa.

Desordens Afetivas Ocasionais: a banana auxilia os que sofrem de DAO,porque contêm um incrementador natural do humor, o "triptofano".

Fumo: elas podem ajudar pessoas que estão largando o cigarro, porque seus elevados níveis de vitaminas C, A1, B6 e B12, além de potássio e magnésio, ajudam o corpo a se recuperar dos efeitos da retirada da nicotina.

Estresse: potássio é um mineral vital, que ajuda a normalizar os batimentos cardíacos, levando oxigênio ao cérebro e regula o equilíbrio de água no nosso corpo. Quando estressados, nossa taxa metabólica se eleva, reduzindo os níveis de potássio, que pode ser reequilibrado com a ajuda da banana, rica em potássio.

Enfarto: de acordo com pesquisa publicado no Jornal de Medicina de New  England, comer bananas regularmente pode reduzir o risco de morte por enfarto em até 40%!

Verrugas: os naturalistas juram que se quiser eliminar verrugas, basta colocar a parte interna da casca de banana sobre elas e prendê-la com esparadrapo ou fita cirúrgica.

Como vêm, a banana é um remédio natural contra muitos problemas.
Comparada à maçã, tem 4 vezes mais proteina, 2 vezes mais carboidratos, 3 vezes mais fósforo, 5 vezes mais vitamina A e ferro e 2 vezes outras vitaminas e minerais.
Também é rica em potássio e, como um todo, é um dos alimentos mais valiosos.







MOMENTO DE REFLEXÃO

Por que será que nos lamentamos tanto quando nos decepcionamos, perdemos e erramos?

O mundo não acaba quando nos enganamos; ele muda, talvez, de direção.
Mas precisamos tirar partido dos nossos erros.

Por que tudo teria que ser correto, coerente, sem falhas?

As quedas fazem parte da vida e do nosso aprendizado dela. Que dói, dói. Ah! Isso não posso negar!

Dói no orgulho, principalmente.

E quanto mais gente envolvida, mais nosso orgulho dói.

Portanto, o humilhante não é cair, mas permanecer no chão enquanto a vida continua seu curso.

O problema é que julgamos o mundo segundo nossa própria maneira de olhar e nos esquecemos que existem milhões e milhões de olhares diferentes do nosso.

Mas não está obrigatoriamente errado quem pensa diferente da gente só porque pensa diferente.

E nem obrigatoriamente certo.

Todo mundo é livre de ver e tirar suas próprias conclusões sobre a vida e sobre o mundo.
Às vezes acertamos, outras erramos.
E somos normais assim.

Então, numa discussão, numa briga, pare um segundo e pense: "e se eu estiver errado?"
É uma possibilidade na qual raramente queremos pensar.
Nosso "eu" nos cega muitas vezes.

Nosso ciúme, nosso orgulho e até, por que não, nosso amor?

Não vemos o lado do outro e nem queremos ver.

E somos assim, muitas vezes injustos tanto com o outro quanto com a gente mesmo, já que nos recusamos a oportunidade de aprender alguma coisa com alguém.

E é porque tanta gente se mantém nessa posição que existem desavenças, guerras, separações.

Ninguém cede e as pessoas acabam ficando sozinhas.

E de que adianta ter sempre razão, saber de tudo, se no fim o que nos resta é a solidão?

Vida é partilha.

E não há partilha sem humildade, sem generosidade, sem amor no coração.

Na escola, só aprendemos porque somos conscientes de que estamos lá porque não sabemos ainda; na vida é exatamente a mesma coisa.

Se nos fecharmos, se fecharmos nossa alma e nosso coração, nada vai entrar.
E será que conseguiremos nos bastar a nós mesmos?

Eu duvido.

Não andamos em cordas bambas o tempo todo, mas às vezes é o único meio de atravessar.

Somos bem mais resistentes do que julgamos; a própria vida nos ensina a sobreviver, viver sobre tudo e sobretudo.

Nunca duvide do seu poder de sobrevivência!

Se você duvida, cai.

Aprenda com o apóstolo Pedro que, enquanto acreditou, andou sobre o mar, mas começou a afundar quando sentiu medo.

Então, afundar ou andar sobre as águas?

Depende de nós, depende de cada um em particular. Podemos nos unir em força na oração para ajudar alguém, mas só esse alguém pode decidir a ter fé, força e coragem para continuar essa maravilhosa jornada da vida.        

(Letícia Thompson)